segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Luto - Morre John McCarthy, pioneiro da Inteligência Artificial



John McCarthy, pioneiro da Inteligência Artificial (Foto: null0/CC-BY-SA-2.0)

John McCarthy, pioneiro da Inteligência Artificial



O matemático e pesquisador da área de ciências da computação John McCarthy, responsável pela criação do termo “inteligência artificial” e inventor da linguaguem de programação Lisp, morreu no último domingo (23) em Palo Alto, na região da Califórnia conhecida como Vale do Silício. A notícia foi divulgada pelo jornalista e escritor Steven Levy, editor da revista Wired e especialista em tecnologia.
McCarthy, que trabalhou nas universidades de Stanford e no Massachusetts Institute of Technology (MIT), tinha 85 84 anos. Não há detalhes sobre a causa de sua morte.
Considerado um dos pioneiros do desenvovimento da Inteligência Artificial, McCarthy é o pai de tecnologias como a linguagem de programação Lisp e dos sistemas de computação por tempo compartilhado, que permitiam que diversas pessoas utilizassem o poder computacional ocioso dos chamados "mainframes". Os chamados "computadores pessoais" só viriam a existir mais de dez anos depois da criação do conceito de "time sharing".
O Lisp, linguagem criada por McCarthy para facilitar o desenvolvimento da Inteligência Artificial, é uma das mais antigas ainda em uso. Sua primeira versão foi publicada em 1958, apenas um ano após a chegada do Fortran. A primeira utilização da tecnologia foi na criação de programas capazes de enfrentar seres humanos em partidas de xadrez.

Fonte: G1


Não sei se vocês se questionaram algum dia, mas John McCarthy é o senhor que aparece na foto do topo do blog. Uma homenagem por eu ter seguido sua linha de pesquisa nos primeiros anos de minha graduação, por influência do prof. Marcelino Pequeno.